Arquivo para osteoporose - Farmácia Artesanal Inovação
367
archive,tag,tag-osteoporose,tag-367,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Suplementação para melhores resultados no tratamento da osteoporose Tratamento da Osteoporose A princípio, a osteoporose é um distúrbio osteometabólico caracterizado pela diminuição da densidade mineral óssea (DMO), com deterioração da microestrutura óssea,...

Resultados promissores e benefícios para todo o organismo com a suplementação com Goji Berry. Goji Berry O papel neuroprotetor de polissacarídeos do Lycium barbarum (PLB), também conhecido como Goji Berry é uma...

A Eurycoma longifolia é uma planta indígena tradicional do sul da África, onde é conhecida como Tongkat Ali, e possui muitos fitoquímicos valiosos. A E. longifólia é popularmente considerado de uso tradicional para melhorar a libido masculina, potência sexual e fertilidade, e utiliza-se a raiz da planta ou o extrato aquoso de suas raízes (LOW et al., 2013).

Uma vez considerado como um problema dos países desenvolvidos, a obesidade e as complicações relacionadas a ela (como a Síndrome Metabólica) estão se espalhando rapidamente por todo o mundo. Assim, os estudos a seguir avaliaram a aplicação do Cissus quadrangularis no tratamento da Síndrome Metabólica, particularmente na perda de peso e na obesidade central. Cissus quadrangularis é uma planta muito utilizada nos países do oriente, e análises fitoquímicas revelam um alto conteúdo de ácido ascórbico, caroteno, fitoesterois e cálcio. Todos estes componentes possuem efeitos potenciais metabólicos e fisiológicos (OBEN, et al., 2006). Extratos e pós de C. quadrangularis tem sido utilizado a muitos anos para promover a cicatrização de ossos e tecidos, como analgésico, para o tratamento de infecções, como anabólico e para promover perda e manutenção de peso (STOHS; RAY, 2012).

Reposição de Testosterona no Hipogonadismo

Há uma alta prevalência de hipogonadismo na população idosa masculina adulta e a proporção de homens mais velhos, na população, com a síndrome deverá aumentar no futuro. O hipogonadismo aumenta com a idade, e está significativamente associado com várias comorbidades, tais como obesidade, diabetes tipo 2, hipertensão, osteoporose e síndrome metabólica (DANDONA et al, 2010).