Arquivo para fibroblastos - Farmácia Artesanal Inovação
171
archive,tag,tag-fibroblastos,tag-171,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Ativos potencialmente úteis como nova associação para tratamento e prevenção de doenças osteoarticulares. Doenças osteoarticulares O processo de envelhecimento vem ocorrendo de forma crescente nas últimas décadas e encontra-se associado ao aumento...

Desenvolvido pela Nexira health, Oli-OlaTM é um extrato padronizado do fruto da oliveira, com 3% de hidroxitirosol, um polifenol com potente ação antioxidante. Segundo estudos, Oli-OlaTM é capaz de promover efeito peeling na pele, como os peelings químicos.Resultados impressionantes no tratamento de melasma. Oli-Ola é capaz de agir na pele potencializando os tratamentos com aparelhos, cosméticos e peelings

O Wellmune é um polímero funcional natural – gluco 1,3/1,6 polissacarídeo (beta glucana) - derivado da Saccharomyces cerevisiae. Os beta-glucanos são polímeros de glicose, que podem também ser derivados da levedura, fungos e aveia (FELDMAN, et al., 2009).

Modificadores da resposta imunológica, tais como o beta-glucana, aumentam a resposta imune inata, sem indução de danos causados pelas citosinas pró-inflamatórias, e pode representar uma nova abordagem para proteção contra o resfriado e patógenos da gripe (LUHM, 2006 aput FELDMAN, et al., 2009). Estudos in vivo sugerem que as beta-glucanas derivados da aveia podem diminuir o aumento do risco de infecções no trato respiratório superior, como um resultado de exercícios estressante em ratos (MURPHY, et al., 2008). Em triagens clínicas, os beta-glucanos reduzem a taxa de infecção pós-operatória e encurta a duração, e o tempo de permanência na unidade de terapia intensiva (DELLINGER, et al., 1999 aput FELDMAN, et al., 2009).

A remoção dos pêlos de algumas áreas do corpo é uma preocupação estética que acompanha as mulheres desde épocas muito remotas. Várias técnicas têm sido usadas com essa finalidade: Giletes, ceras, depiladores elétricos,etc. São todas técnicas eficazes, mas acabam por agredir a área depilada, provocando dor, inflamação local, ressecamento da pele, irregularidades na descamação.

O estrato córneo conhecido por sua capacidade protetora da camada superficial da pele, que desempenha um papel fundamental na manutenção do estado fisiológico da pele normal e qualquer sinalização química ou física sobre o estrato córneo, resulta em um  rápido reparo ( HARDING,2004).