Arquivo para cicatrização de feridas - Farmácia Artesanal Inovação
623
archive,tag,tag-cicatrizacao-de-feridas,tag-623,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

O tratamento de câncer está associado a efeitos colaterais a longo e curto prazo. O câncer produz um estado de deficiência de glutamina, que é ainda agravado pelos efeitos tóxicos dos agentes quimioterapêuticos, que conduzem a um aumento da tolerância do tumor a quimioterapia, bem como reduz a tolerância aos seus efeitos secundários. A suplementação com glutamina tem mostrado exercer uma proteção contra a mucosite, induzida pela radiação, contra a cardiotoxicidade induzida por antraciclina, e mialgia/artralgia relacionada ao tratamento com Paclitaxel. A glutamina pode prevenir a neurotoxicidade causada pelo Paclitaxel, cisplatina, oxaplatina bortezomibe e lenolidamida, e é benéfica na redução dos efeitos tóxicos gastrointestinais da dose-limitante de irinotecano (GAURAV, et al., 2012).

O Wellmune é um polímero funcional natural – gluco 1,3/1,6 polissacarídeo (beta glucana) - derivado da Saccharomyces cerevisiae. Os beta-glucanos são polímeros de glicose, que podem também ser derivados da levedura, fungos e aveia (FELDMAN, et al., 2009).

Modificadores da resposta imunológica, tais como o beta-glucana, aumentam a resposta imune inata, sem indução de danos causados pelas citosinas pró-inflamatórias, e pode representar uma nova abordagem para proteção contra o resfriado e patógenos da gripe (LUHM, 2006 aput FELDMAN, et al., 2009). Estudos in vivo sugerem que as beta-glucanas derivados da aveia podem diminuir o aumento do risco de infecções no trato respiratório superior, como um resultado de exercícios estressante em ratos (MURPHY, et al., 2008). Em triagens clínicas, os beta-glucanos reduzem a taxa de infecção pós-operatória e encurta a duração, e o tempo de permanência na unidade de terapia intensiva (DELLINGER, et al., 1999 aput FELDMAN, et al., 2009).