Protocolo para cuidados íntimos - Pernas mulheres

As alternativas para os cuidados íntimos femininos podem trazer maior conforto, disposição e satisfação com a estética.

Importância dos cuidados íntimos

Primordialmente, os cuidados íntimos diários, além de proporcionarem limpeza à região genital, podem promover benefícios importantes para reduzir a incidência de irritações, incômodos (ardor), corrimentos, odor desagradável e até afecções do trato genital feminino.

Por isso é importante ter um protocolo para cuidados íntimos. E nestes podem conter, extratos de fitoterápicos com ação, cicatrizante, suavizante, antisséptico e calmante.

Os cuidados para minimizar as alterações na morfologia e também na funcionalidade da região intima feminina pode trazer mais conforto, auxiliando no processo de saúde de modo global.

Dessa maneira pode reduzir os transtornos e desconfortos com alterações na vulva, vagina, pequenos e grandes lábios e até mesmo com a aparência e estética da região da virilha.

(Takagi et al., 2014; Ricardo, 2017)

A higienização diária deve ser feita de forma adequada, sendo esta, de acordo com a localização, e com produtos que propiciam ação local, como é o caso dos sabonetes íntimos femininos hipoalergênicos, uma vez que propiciam reação alérgica reduzida no local.

A base que utilizamos é uma base hipoalergênica, pois a mesma apresenta baixo potencial para o desenvolvimento de reação alérgica. Além disso, o uso de toalhas adequadas, variadas vezes ao dia e também o tempo de higienização são fatores importantes para evitar agressão e ressecamento da região da mucosa íntima e locais adjacentes.

(Takagi et al., 2014)

Sendo assim, o uso associado de ativos com propriedades suavizantes, refrescantes e desodorizantes são opções que podem ajudar a manter os cuidados ideais na região genital feminina, promovendo maior bem estar e conforto para a mulher.

Agentes de ação nos cuidados íntimos

O uso de agentes com propriedades especificas visa, além de limpar, promover saúde à pele da região intima, com ação estendida de limpeza, inibição de odores e infecções. Além disso, também promove um sensorial refrescante, pH equilibrado, potencial ação anti-inflamatória e antibacteriana, suavizantes, calmantes e equilíbrio tecidual.

Contudo, também existe a necessidade de hidratação da região intima quando está se encontra sensibilizada e ressecada. Estas condições podem aparecer devido a tratamentos para clareamento da virilha, uso de absorventes ou outras complicações que podem afetar o estado de equilíbrio da pele nessa região.

Sendo assim, sugere-se uma hidratação melhorada através da utilização de um creme hidratante com substancias que contém potencial para isto.

(Christianson, 2005)

A potencialização da ação calmante causada pela a associação de ativos é uma propriedade possível de se utilizar em um creme de ação local.

O uso de substâncias que possuem ação local para a reestruturação epidermal e otimização da síntese de moléculas que integram a matriz extracelular podem estimular maior cuidado e proteção com as camadas locais. Além disso, pode ser utilizado ativos com propriedades que podem interferir também no processo de cicatricial e inflamatório.

As sugestões de ativos são as arginina devido ao seu potencial para atuar no controle dos níveis de óxido nítrico. Agentes despigmentante para a redução de hipercromias que podem afetar a região devido a procedimentos, além disso agentes com potencial hidratante e atuantes no desenvolvimento da elasticidade tecidual.

(Kim et al., 2004; Christianson, 2005)

Você precisa estar logado para ver este conteúdo.
Após análise do cadastro, a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.
Conforme a RDC23/2008, art. 36 – Para a divulgação de informações sobre medicamentos manipulados é facultado às farmácias o direito de fornecer, exclusivamente, aos profissionais habilitados a prescrever.

 

Referências

Na escrita do post fizemos o uso de algumas referências de literaturas que se encontram neste link Referências post.

Gostou desse artigo? Compartilhe nas suas redes sociais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp