suplementação pós bariátrica

Dentre as diversas terapêuticas para tratar a obesidade, a cirurgia bariátrica em alguns casos é a opção de escolha

Quando o paciente encontra-se dentro dos critérios estabelecidos pelas diretrizes. Uma das grandes preocupações é a recuperação desse paciente e o equilíbrio das concentrações de algumas vitaminas e minerais que são afetados pós bariátrica.

Por que é necessário a suplementação pós bariátrica

É crescente o número de indivíduos que se submetem a cirurgia bariátrica, todavia, alguns cuidados suplementares podem fazer-se necessário para a manutenção das concentrações ideais de, vitaminas, minerais e proteínas. Alguns desafios da má absorção e digestão, podem ser contornados com a utilização de suplementação nestes pacientes submetidos a cirurgia bariátrica.

(Schollenberger et al., 2016; Martínez-Ortega et al., 2020; Sherf et al., 2017)

Prejuízos causados pela obesidade

Decerto, a obesidade afeta mundialmente milhões de pessoas, 70% dos indivíduos obesos, apresentam ligação com o fator genético, e além disso, a associação de má alimentação e sedentarismo estão ligados ao seu aparecimento.

A obesidade é uma condição clínica ligada a consideráveis agravos à saúde e possui correlação como outras comorbidades como, artrose, diabetes mellitus tipo 2 (DMT2), hipertensão arterial, como também apneia do sono, tendo influencia também em alguns tipos de câncer e na instalação de processos inflamatórios crônicos.

(Wolfe; Kvach; Eckel, 2016)

Quais as opções para tratar a obesidade

O tratamento da obesidade, certamente exige, uma alimentação saudável, reduzir a ingestão calórica e a prática regular de atividade física, todavia essas alternativas pode não funcionar e desse modo será necessário o tratamento farmacológico ou até mesmo da cirurgia bariátrica em alguns casos, visando a perda de peso, e consequentemente, melhora do controle metabólico.

perda de peso e obesidade

No entanto, o tratamento com a utilização de fármacos pode influenciar na perda de peso, principalmente a curto prazo, o que limita a sua utilização, em alguns casos pode trazer resultados também a longo prazo.

Benefícios da cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica, é uma das opções para tratar a obesidade, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, a cirurgia bariátrica é um procedimento que leva a diminuição do estômago, e dessa forma, induz a perda de peso e redução do IMC elevado.

Conforme diretrizes, para ser submetido a bariátrica é necessário uma avaliação rigorosa e estar dentro dos critérios previamente estabelecidos. Além de estimular a perda de peso a cirurgia bariátrica promove redução da resistência à insulina e também do risco cardiovascular.

(Wolfe; Kvach; Eckel, 2016)

Desafios no período pós bariátrica

Embora alterações metabólicas e endócrinas possam ocorrer ao longo da vida, a cirurgia bariátrica pode induzir consideráveis alterações endócrinas e no processo de absorção de nutrientes. Os níveis de micronutrientes podem sofrer significativa redução, e com isso, comprometer o funcionamento adequado de processos celulares e metabólicos, por isso recomenda-se a suplementação.

(Wolfe; Kvach; Eckel, 2016)

Alternativas para suplementação após cirurgia bariátrica

Probióticos

A utilização de probióticos pode beneficiar no estímulo da sobrevivência da microbiota benéfica, na terapêutica da disbiose, no aumento dos níveis de vitaminas do complexo B, equilíbrio do pH, na modulação do gasto energético e na regulação dos hormônios intestinais.

suplementação com probioticos

(Chen et al., 2016; Chowdhury et al., 2019)

Ácidos graxos de cadeia curta (AGCC)

A metabolização de polissacarídeos originam os monossacarídeos e destes, os ácidos graxos de cadeia curta curta (AGCC), como o butirato, o acetato e o proprionato. Uma fonte de AGCC é o Coreobiome, numa concentração a 30% de butirato.

Benefícios do Corebiome na pós bariátrica

Corebiome é um pós biótico composto por 3 moléculas de butirato (tributirina) ligado a uma molécula de glicerol, através de um processo patenteado de microencapsulamento e com isso é direcionado parta ser absorvido pelos colonócitos.

Esses ácidos graxos de cadeia curta auxiliam no controle da ingestão alimentar por meio do equilíbrio de hormônios que atuam no intestino, e também no metabolismo energético, na otimização da secreção de insulina, no controle do peso e na redução de processos inflamatórios.

(Wagner et al., 2018; Bays et al., 2016; Szentirmai et al., 2019)

Suplementação com vitaminas e minerais na pós bariátrica

A utilização de vitaminas e minerais pode ser uma alternativa para o equilíbrio e adequado funcionamento do metabolismo e processos celulares.

suplementação pós bariátrica

Ferraz et al., 2018; Ciobârcă et al., 2020; Martínez-Ortega et al., 2020

Proteínas

Indivíduos obesos estão suscetíveis à redução da absorção de proteína após a cirurgia bariátrica, devido à restrição alimentar e perda de estruturas, o que consequentemente, reduz a área de contato do intestino com os nutrientes, afetando o processo de digestão e absorção.

fontes de proteína

(Schollenberger et al., 2016; Martínez-Ortega et al., 2020)

Melhora do processo de digestão com enzimas

A utilização de enzimas primordialmente auxilia no processo de digestão e este pode ser otimizado com a utilização de substâncias que estimulam o processo de digestão e a absorção de nutrientes no organismo.

digestão com enzimas digestivas

(Faria et al., 2011; Ciobârcă et al., 2020; Sams et al., 2015)

Em conclusão

A utilização de variadas fontes de suplementação, como, probióticos, bem como de Coreobiome que permite a melhora do metabolismo energético, da modulação do sistema imune e da inflamação.

A suplementação com micro e macro nutrientes, envolvidos na melhora de processos metabólicos e celulares, e a otimização do processo de digestão, visando uma melhorada absorção dos nutrientes nesses pacientes.

Personalização da terapêutica pós bariátrica

A  personalização da terapêutica é o grande diferencial, uma vez que nem todos os pacientes tem a mesma necessidade e na mesma etapa do tratamento para o equilíbrio das concentrações de vitaminas e minerais, especialmente, os pacientes pós bariátricos.

Referências

Chen, J.-C., Lee, W.-J., Tsou, J.-J., Liu, T.-P., & Tsai, P.-L. (2016). Effect of probiotics on postoperative quality of gastric bypass surgeries: a prospective randomized trial. Surgery for Obesity and Related Diseases, 12(1), 57–61.

Ciobârcă, D., Cătoi, A. F., Copăescu, C., Miere, D., & Crișan, G. (2020). Bariatric Surgery in Obesity: Effects on Gut Microbiota and Micronutrient Status. Nutrients12(1), 235.

Chowdhury, A. H., Adiamah, A., Kushairi, A., Varadhan, K. K., Krznaric, Z., Kulkarni, A. D., … Lobo, D. N. (2019). Perioperative Probiotics or Synbiotics in Adults Undergoing Elective Abdominal Surgery. Annals of Surgery, 1.

Ferraz, Á. A. B., Carvalho, M. R. C., Siqueira, L. T., Santa-Cruz, F., & Campos, J. M. (2018). Deficiências de micronutrientes após cirurgia bariátrica: análise comparativa entre gastrectomia vertical e derivação gástrica em Y de Roux. Revista Do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, 45(6).

Markowiak, P., & Śliżewska, K. (2017). Effects of Probiotics, Prebiotics, and Synbiotics on Human Health. Nutrients9(9), 1021.

Martínez-Ortega AJ, Olveira G, Pereira-Cunill JL, et al. Recommendations Based on Evidence by the Andalusian Group for Nutrition Reflection and Investigation (GARIN) for the Pre- and Postoperative Management of Patients Undergoing Obesity Surgery. Nutrients. 2020;12(7):2002.

after bariatric surgery. Diabetes & metabolism40(2), 87-94.

Schollenberger, A. E., Karschin, J., Meile, T., Küper, M. A., Königsrainer, A., & Bischoff, S. C. (2016). Impact of protein supplementation after bariatric surgery: A randomized controlled double-blind pilot study. Nutrition, 32(2), 18692.

Wagner, N., Zaparolli, M. R., Cruz, M., Schieferdecker, M., & Campos, A. (2018). postoperative changes in intestinal microbiota and use of probiotics in roux-en-y gastric bypass and sleeve vertical gastrectomy: an integrative review. Arquivos brasileiros de cirurgia digestiva : ABCD = Brazilian archives of digestive surgery31(4), e1400.

Wolfe, B. M., Kvach, E., & Eckel, R. H. (2016). Treatment of Obesity: Weight Loss and Bariatric Surgery. Circulation research118(11), 1844–1855

Gostou desse artigo? Compartilhe nas suas redes sociais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp