Lollipop

Nova forma farmacêutica para veicular a terapia

O mercado farmacêutico busca inovação e, também, promover ao paciente conforto e praticidade nas formas farmacêuticas inovadoras, como é o casso do pirulito de xilitol. Uma veiculação terapêutica que promove, principalmente, praticidade e comodidade para o tratamento de crianças, público que tem uma adesão reduzida ao tratamento devido ao sabor dos remédios e incômodo na hora de ingeri-los, e sabemos que são escassas as opções para veicular a terapia pediátrica.

A farmácia magistral promove uma aposta na terapêutica personalizada para melhores resultados com o tratamento, pensando na individualidade de cada paciente e evitando custos desnecessários, promovendo o uso racional de medicamentos. O Lollipop permite a utilização de ativos terapêuticos em formato de pirulito, baseado em xilitol, tendo ainda ausência de conservantes, corantes e sem adição de açúcar e adoçantes.

A coloração presente no Lollipop é a coloração própria do ativo terapêutico. É uma nova forma farmacêutica para veicular a terapia não apenas para crianças, mas pode ser utilizado por qualquer indivíduo.

Ativo terapêutico em formato de pirulito

O mercado tem crescido com demandas de individualização do tratamento e com novas opções de forma farmacêutica para veicular a terapia em questão. A formulação em Lollipop adota o formato e dosagens específicos para cada paciente e vem para revolucionar este mercado. O público infantil é o que será mais beneficiado, uma vez que o item já faz parte da lista de desejos dos pequenos desde muito cedo.

O xilitol é um edulcorante com baixo teor calórico, e ainda possui efeito protetor contra a cárie por meio da inibição do crescimento e metabolismo de bactérias cariogênicas. Lollipop a base de xilitol é uma excelente opção para prevenção de cárie dentaria quando utilizado isoladamente. Nas terapias associadas pode promover uma terapêutica eficaz em que seja necessário a associação de diversas substâncias numa mesma formulação para tratamento de patologias e também para suplementação.

Faça o download do arquivo no link abaixo e saiba mais sobre o assunto.

Você precisa estar logado para ver este conteúdo. Após análise do cadastro, a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico. Conforme a RDC23/2008, art. 36 – Para a divulgação de informações sobre medicamentos manipulados é facultado às farmácias o direito de fornecer, exclusivamente, aos profissionais habilitados a prescrever.

Veja outros artigos

Telemedicina
Médicos

Telemedicina

Conforme o cenário atual, no enfrentamento da infecção por Covid-19, a telemedicina torna-se uma ferramenta primordial para a assistência médica ainda que por intermédio de

Deixe um comentário