EnXtra (Alpinia galanga)

Alto potencial energético para treinos, melhora no estado de alerta e foco por período estendido, com ausência dos efeitos negativos da cafeína

O EnXtra consegue atuar promovendo alto potencial energético para treinos, melhora no estado de alerta e foco por período estendido, com ausência dos efeitos negativos da cafeína, consequentemente afeta o estado de alerta.

Os psicoestimulantes são comumente conhecidos por melhorar a cognição e a performance metal, melhorando, estado de alerta e vigília. Os produtos contendo cafeína são comumente conhecidos por promover benefícios fisiológico e cognitivo.

(Srivastava & Pimple, 2017; Srivastava & Pimple, 2018; Srivastava et al., 2018)

Como psicoestimulante a cafeína provoca no entanto, efeito benefício, bem como efeito negativo. O uso prolongado da cafeína certamente desenvolve efeitos adversos como, insônia, palpitações, enxaqueca, tremor, tontura ocasional, entre outros.

(Cornelis, 2019; Srivastava & Pimple, 2017; Srivastava et al., 2018; Srivastava & Pimple, 2018)

Considerações importantes sobre a cafeína

Em contrapartida os efeitos negativos da cafeína são bem conhecidos como “efeito cafeína crash” provocam estresse na falta da substância e dependência da substância no organismo quando o organismo é constantemente exposto a cafeína, propiciando a longo prazo efeitos incômodos, no meio de convivência social e também individual, dependendo da percepção e do desgaste com o efeito crash.

(Srivastava & Pimple, 2017)

Os efeitos psicoestimulantes da cafeína são significativamente benéficos sobre o estado de atenção e vigília. Todavia outras alternativas naturais a cafeína são buscadas devido a seus efeitos negativos (cafeína crash). Uma opção natural, segura e bem tolerada de psicoestimulante é o EnXtra, extraído da Alpinia galanga e possui efeito psicoestimulante similarmente a cafeína.

(Srivastava & Pimple, 2017; Srivastava & Pimple, 2018)

 

EnXtra e suas propriedades sobre o estado de alerta

EnXtra, primeiro e único componente botânico, extraído da Alpinia galanga do mesmo modo que a cafeina, seus efeitos psicoestimulantes são semelhantes aos efeitos da cafeína, entretanto, seu efeito é superior para alerta mental, sendo ainda livre dos efeitos negativos (dependência, insônia, palpitações, estresse) da cafeína.

(Srivastava & Pimple, 2017)

De acordo com suas propriedades, o EnXtra promove efeito psicoestimulante ao sistema nervoso central, melhorando o estado de alerta e o foco por maior período de tempo (até 5 horas) e e com efeito consegue ainda exercer ação na prevenção do estresse oxidativo como também atividade anti-inflamatória, analgésica, protetor do trato gastroinstestinal, hipoglicêmica, imunoestimulante, potente antioxidante e ainda reduz colesterol.

(Surekha, 2018; Srivastava, 2018; Ghoshe & Rangan, 2013)

Composição do EnXtra

Em sua composição está diversos fitoquímicos, glicosídeos, flavonoides, terpenoides, polifénois, saponinas e alcaloides. Não só consegue estimular o sistema nervoso central, como também melhorar a performance e foco para aquelas atividades que demandam foco e concentração, advindos juntamente com a melhora do estado de alerta por período estendido e ainda ausência dos efeitos negativos da cafeína.

(Srivastava et al., 2017; Srivastava & Pimple, 2017; Sivanandan & Surekha, 2018; Srivastava, 2018; Ghoshe & Rangan, 2013)

Mecanismo de ação do EnXtra

A ação do EnXtra (Alpinia galanga) está relacionado ao controle da atividade dopaminérgica, por aumentar os níveis de dopamina. Esse aumento dos níveis de dopamina melhora o desempenho visuoespacial, organização mental e bem como neuroproteção.

(Sivanandan & Surekha, 2018; Srivastava, 2018; Srivastava & Pimple, 2017)

No entanto, devido a sua composição rica em diferentes compostos fitoquímicos o EnXtra consegue promover efeito psicoestimulante, melhorando o estado de alerta através do aumento dos níveis de dopamina e inibição do sítio ativo dos receptores de adenosina.

Além disso sua atividade antioxidante, promove melhora da integridade das membranas cerebrais, eliminando e reduzindo o estresse oxidativo e induzindo a redução e supressão dos níveis de acetilcolinesterase (AchE) por inibir seu sitio ativo e assim, auxilia no efeito psicoestimulante.

(Srivastava et al., 2017; Srivastava & Pimple, 2017; Sivanandan & Surekha, 2018; Srivastava, 2018)

Indicação e benefícios

  • Melhora do estado de alerta e foco;
  • Aumenta o desempenho em atividades físicas;
  • Eleva performance em treinos;
  • Estado de alerta e vigília sustentados por até 5 horas;
  • Efeitos duradouros da atenção e foco em diferentes atividades que demandam por concentração;
  • Reduz estado de fadiga mental.
(Srivastava et al., 2017; Srivastava & Pimple, 2017; Sivanandan & Surekha, 2018)

Diferencial do EnXtra

Premiado como melhor ingrediente esportivo da Nutra Ingredients Awards em 2019 na Ásia e Europa.

Possíveis efeitos adversos

• Pode elevar a acidez estomacal;
• Erupções e pápulas na face;
• Tosse e resfriado.

(Srivastava & Pimple, 2017; Sivanandan & Surekha, 2018; Srivastava, 2018)

Possíveis interações medicamentosas

• Antiácidos;
• Inibidor de bomba de prótons.

Contraindicação

• Gestantes e lactantes;
• Sugere-se cuidados quando paciente em uso de outros fármacos que alteram a pressão arterial.

(Sivanandan & Surekha, 2018; Srivastava, 2018)

Estudos

Estudo I

Estudo randomizado, controlado por placebo, avaliou a eficácia da Alpinia galanga como psicoestimulante. Um total de 124 voluntários jovens, de ambos os sexos, com idade média de 22 anos foram divididos em 4 grupos, EnXtra (Alpinia galanga) (E-AG-01) (34), placebo (38), cafeína (35) e uma combinação de E-AG-01 com cafeína (38). Avaliou-se os efeitos da EnXtra (Alpinia galanga) como psicoestimulante nos tempos 1, 3 e 5 horas após a administração das substancias.

Resultados

  • Conseguiu promover um estado de alerta e vigilância estendida por até 5 horas;
  • 73% dos indivíduos do grupo E-AG-01 exibiram excelentes resultados sobre o estado de alerta, comparado ao grupo placebo e 47% de melhora no grupo em uso de cafeína;
  • O grupo em uso da cafeína provocou médio efeito sobre o estado de alerta comparado ao grupo EnXtra (Alpinia galanga) (E-AG-01);
  • No grupo placebo não houve significativo aumento do estado de alerta;
  • Quando utilizado cafeína + EnXtra (Alpinia galanga) (E-AG-01) o estado de alerta foi consideravelmente aumentado por 1 hora e em seguida houve uma redução do alerta, além disso os efeitos da cafeína crash estiveram diminuídos quando comparado ao grupo em uso de cafeína isolado;
  • É sugestivo que o uso de EnXtra (Alpinia galanga) (E-AG-01) impede os efeitos da cafeína crash e promove efeitos de alerta por 3 a 5 horas;
  • Levou a efeitos sustentados da atenção e o estado mental da fadiga mental foi reduzida.
(Srivastava et al., 2017)

Figura 1- Efeito do uso de EnXtra sobre a atenção sustentada por maior período nos diversos grupos do estudo

Efeitos sustentados do Enxtra

Fonte: Srivastava et al., 2017

Figura 2- Efeito do uso de EnXtra® no (A) alerta mental e (B) atenção sustentada

Efeitos do EnXtra no alerta mental

Estudo II

124 pacientes foram incluídos em um estudo randomizado, duplo cego, controlado por placebo, 59 indivíduos completaram o estudo, jovens, com idade de 18 a 40 anos, verificou os efeitos de melhora sobre a atenção e alerta, com redução de erros para a execução de atividades, através do uso de EnXtra® (Alpinia galanga) (E-AG-01). Os pacientes foram analisados conforme a substancia utilizada, placebo (celulose microcristalina) 550 mg, EnXtra (Alpinia galanga) E-AG-01 300 mg + cafeína 200 mg e cafeína + E-AG-01 (200+300mg). Os pacientes foram avaliados nos períodos de 1, 3 e 5 horas após a administração, as avaliações foram baseadas em redução das taxas de erros.

Resultados

  • O uso de E-AG-01 promoveu efeito estimulante no estado de alerta e na atenção, sendo a taxa de erro reduzida e as distrações podem ser evitadas, resultando em menores erros e maior precisão;
  • Os indivíduos tratados com placebo, exibiram uma taxa maior de erro, um padrão comumente observado ao executar as tarefas, as taxas de erro persistiram por 1 hora e foram aumentados gradualmente atingindo 27,3% acima da linha de base no final de 5 horas;
  • Apos a ingestão de 300 mg de E-AG-01, reduziu a taxa de erro por até 5 horas (29,46%) comparado com a linha de base (17,4%);
  • Quando em uso da substancia a taxa de erro da cafeina foi inicialmente diminuída em 1 hora, mas após o fenômeno cafeina crash o indice de erro elevou-se (-14% a +6,4%) por 5 horas, devido a iminente queda dos niveis de cafeina;
  • A administração de E-AG-01 pode ser benéfico para melhorar a velocidade e a precisão durante o desempenho de tarefas que exigem julgamento rápido e resolução do problema. O uso de E-AG-01 pode levar a uma melhora da performance para a execução de tarefas;
  • As mudanças na taxa de erro no grupo E-AG-01 foi de –29,46% (3 horas) e –17,4% (5 horas) e o grupo placebo 4,9% (3 horas) e 26,9% (5 horas), os resultados são clinicamente relevantes. A taxa de erro correlacionou-se inversamente com o desempenho mental, esses resultados confirmam o efeito superior do E-AG-01 sobre placebo.
(Srivastava, 2018)

Figura 3- Escala de avaliação de erros antes e após o uso das substancias

Avaliação da taxa de erro após uso de enXtra

Fonte: Srivastava et al., 2017

percentual de mudança na taxa de erros após uso de EnXtra

Fonte: Srivastava et al., 2017
Faça o download do arquivo no link abaixo e saiba mais sobre o assunto.

Você precisa estar logado para ver este conteúdo.
Após análise do cadastro, a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.
Conforme a RDC23/2008, art. 36 – Para a divulgação de informações sobre medicamentos manipulados é facultado às farmácias o direito de fornecer, exclusivamente, aos profissionais habilitados a prescrever.

 

Referências

Cornelis M. C. (2019). The Impact of Caffeine and Coffee on Human Health. Nutrients, 11(2), 416.
Ghosh, S., & Rangan, L. (2013). Alpinia: the gold mine of future therapeutics. 3 Biotech, 3(3), 173-185.
Saha S, Banerjee S. (2013) .Central nervous system stimulant actions of
Alpinia galanga (L.) rhizome: a preliminary study. Indian J Exp Biol. 51(10):828-32.
Sivanandan, Santhy and Pimple, Surekha. (2018). Molecular Docking Studies of Alpinia galanga Phytoconstituents for Psychostimulant Activity. Advances in Biological Chemistry, 8, 69-80.
Srivastava, S. (2018). Selective enhancement of focused attention by Alpinia galanga in subjects with moderate caffeine consumption. Open Access Journal of Clinical Trials, 10, 43-49.
Srivastava, S., Mennemeier, M., & Pimple, S. (2017). Effect of Alpinia galanga on Mental Alertness and Sustained Attention With or Without Caffeine: A Randomized Placebo-Controlled Study. Journal of the American College of Nutrition, 36(8), 631-39.
Srivastava, Shalini and Pimple, Surekha. (2017). Effects of Cymbopogon Flexuosus, Alpinia Galanga, and Glycyrrhiza Glabra on Attention: A Randomized Double-Blind, Placebo-Controlled Pilot Study. BAOJ Nutriton, 3: 1, 2-9.

Veja outros artigos

Telemedicina
Médicos

Telemedicina

Conforme o cenário atual, no enfrentamento da infecção por Covid-19, a telemedicina torna-se uma ferramenta primordial para a assistência médica ainda que por intermédio de

Deixe um comentário