Arquivo para Revisões Bibliográficas Ortop. - Farmácia Artesanal Inovação
552
archive,category,category-revisoes-bibliograficas-ortop,category-552,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Faça o download do arquivo no link abaixo e saiba mais sobre o assunto. [UAS_loggedin hint="" ex=""] Conteúdo & Fórmulas de Estatinas na Artrite Reumatóide [/UAS_loggedin] [UAS_guest hint="" in="" admin="0"] Você precisa estar logado para ver...

A melatonina é um hormônio lipofílico, derivado do triptofano e amplamente distribuída pelo corpo humano. A melatonina é um hormônio é secretado pela glândula pineal, principalmente durante a noite, agindo como...

No Brasil, Cordia verbenacea é uma planta medicinal conhecida como "erva-baleeira". A Cordia verbenacea possui propriedades anti-inflamatórias naturais. Diferentes espécies de plantas do gênero Cordia são usados ​​na medicina popular como...

Existe uma demanda crescente para ajudar no tratamento das desordens inflamatórias com a utilização de anti-inflamatórios naturais O uso de fitoterápicos tem sido recorrente, e existe uma demanda crescente para ajudar...

Considerado um dos mais poderosos antioxidantes da natureza, o hidroxitirosol possui capacidade 40% superior ao tirosol. A Oliva (Olea europaea L.) é uma planta muito presente na paisagem mediterrânica e é a...

Ativos potencialmente úteis como nova associação para tratamento e prevenção de doenças osteoarticulares. Doenças osteoarticulares O processo de envelhecimento vem ocorrendo de forma crescente nas últimas décadas e encontra-se associado ao aumento...

A artrite aflige aproximadamente 43milhões de Americanos, os dois tipos mais comuns de artrite são a osteoartrite (OA) e a artrite reumatóide (AR) (CROWLEY et al., 2009). A osteoartrite (OA) é definida pela Sociedade Americana de Reumatologia como um grupo heterogêneo de condições caracterizadas pela degeneração da cartilagem articular e por mudanças ósseas subjacentes nas articulações (ALTMAN, et al., 1986). Tratamentos não-cirúrgicos comuns para a OA incluem os inibidores da ciclooxigenase- 2 (COX-2) e antiinflamatórios não-esteroidais, alvos para a dor e inflamação. Infelizmente, muitos destes fármacos mostram-se com eficácia limitada e são associados a diversos efeitos adversos, e a alta toxicidade (SARZI-PUTTINI et al., 2005).

Apresentação do UC-II com animação

Suplementação para melhores resultados no tratamento da osteoporose Tratamento da Osteoporose A princípio, a osteoporose é um distúrbio osteometabólico caracterizado pela diminuição da densidade mineral óssea (DMO), com deterioração da microestrutura óssea,...

Potencial antioxidante, anti-inflamatório e efeitos antiaterogênicos do hidroxitirosol. Potencial antioxidante e anti-inflamatório do Hidroxitirosol, que é um dos antioxidantes mais potentes do azeite. O hidroxitirosol e o tirosol são produtos de...

Lychnophora passerina (Asteraceae), popularmente conhecida como "arnica," é usada para o tratamento de inflamação, dor, reumatismo, contusões e picadas de insetos na medicina tradicional brasileira (CAPELARI-OLIVEIRA, et. al., 2011) e estudos recentes vêm para comprovar a eficácia da arnica nessas situações.

Uma vez considerado como um problema dos países desenvolvidos, a obesidade e as complicações relacionadas a ela (como a Síndrome Metabólica) estão se espalhando rapidamente por todo o mundo. Assim, os estudos a seguir avaliaram a aplicação do Cissus quadrangularis no tratamento da Síndrome Metabólica, particularmente na perda de peso e na obesidade central. Cissus quadrangularis é uma planta muito utilizada nos países do oriente, e análises fitoquímicas revelam um alto conteúdo de ácido ascórbico, caroteno, fitoesterois e cálcio. Todos estes componentes possuem efeitos potenciais metabólicos e fisiológicos (OBEN, et al., 2006). Extratos e pós de C. quadrangularis tem sido utilizado a muitos anos para promover a cicatrização de ossos e tecidos, como analgésico, para o tratamento de infecções, como anabólico e para promover perda e manutenção de peso (STOHS; RAY, 2012).

A fibromialgia (FM) é uma Síndrome de dor crônica que afeta até 5% da população mundial. Clinicamente é caracterizada pela presença de dor difusa e pontos de hipersensibilidade, detectados por exame físico, e geralmente é acompanhado por fadiga, sono e transtornos de humor. O tratamento da FM inclui terapia não farmacológica e farmacológica. Muitos pacientes respondem bem ao exercício físico, e até 50% dos casos respondem adequadamente ao tratamento com antidepressivos tricíclicos, tal como baixas doses de amitriptilina. Vários outros fármacos utilizados em estudos controle têm mostrado aliviar os sintomas da FM, incluindo fluoxetina, duloxetina, milnacipran, ciclobenzaprina, gabapentina, pregabalina e tramadol. Estudos recentes mostram que a medicina alternativa, com Panax ginseng, tem mostrado uma alternativa para o tratamento da doença (BRAZ, et al, 2013).